Telefone
51 3343.0811 - 51 3372.6638
WhatsApp
51 98015.6602
SOLICITE ORÇAMENTO
SOLICITE ORÇAMENTO
20/12/2017

Cuidados com fogos de artifício e sinalizadores

Com as festas de fim de ano, aumentam as vendas de fogos de artifício. Mas, para que a diversão não termine em tragédia, são necessários cuidados, que começam na hora de comprar o produto.

Os fogos de artifício são identificados por classes que vão de A a D. Os de classe A e B podem ser comercializados para menores de 18 anos, desde que sigam as normas de recomendação de segurança. No entanto, o Corpo de Bombeiros orienta que crianças não soltem fogos e que sejam sempre acompanhadas por um adulto.

Ao guardar fogos em casa, mantenha-os em local seco, longe de fogões, isqueiros e do acesso de crianças.  Só compre fogos em locais autorizados: fogos de artifício clandestinos geralmente não são testados e não possuem orientações do fabricante na embalagem.

Observar as classificações e tipos de fogos: antes de comprar verifique a classe e o tipo adequado para a pessoa que irá manusear, pois ocorrendo divergência dessa observação, acidentes podem facilmente acontecer.

Siga as orientações do fabricante: o vendedor também pode fornecer orientações adicionais no momento da compra; A queima do produto sempre será considerada perigosa caso a pessoa não siga de forma rigorosa as recomendações. Os danos causados são os mais variados e, entre eles, estão as queimaduras, amputação dos dedos e da mão, perda auditiva provocada por ruído. Explosão de uma bombinha próxima dos olhos, por exemplo, pode causar cegueira.

Em caso de queimaduras, o que pode ser feito por meio da imersão da parte afetada em água potável. Não é indicado aplicar creme dental, sabão, borra de café, manteiga ou azeite. Se ocorrerem queimaduras graves (em face, segundo e terceiro graus ou em grandes extensões do corpo), é muito importante acionar o Corpo de Bombeiros pelo fone 193.

 

COMPARTILHE Facebook

POSTS RECENTES