Telefone
51 3343.0811 - 51 3372.6638
WhatsApp
51 98015.6602
SOLICITE ORÇAMENTO
SOLICITE ORÇAMENTO
01/12/2014

SEGURANÇA NAS FÉRIAS

Necessidade de muita cautela, atenção redobrada e orientação

O ano de 2014 vai chegando ao seu final e leva com ele uma série de fatos e fotos, imagens e sons, acontecimentos alegres e outros tristes para avaliarmos o que foi ensinado, o que foi aprendido, o que foi acrescentado, o que pode ser descartado, o que realmente importou e, principalmente, o que foi útil às nossas vidas tanto no aspecto pessoal quanto no profissional, por certo experiências acumuladas que farão parte de nossa bagagem para 2015. Agora é hora de comemorarmos e aproveitarmos da melhor forma possível, a pausa para reabastecer. Aí vêm as férias, os momentos de lazer e as viagens descortinadoras de novas experiências e aprendizado.

PREVENÇÃO

É justamente nesses tempos de merecido descanso que, para os profissionais de Segurança e Saúde no trabalho, uma luz amarela é sempre acesa, igualzinha àquela do semáforo, indicando a necessidade de muita cautela, atenção redobrada e muita orientação para evitar acidentes e doenças nesses momentos gratificantes para nossas vidas. Não podemos esquecer um detalhe muito importante para a cultura da prevenção: enquanto alguns se encontram nos ambientes e momentos de férias, outros estão nesse mesmo ambiente exercendo os seus trabalhos. São milhares de trabalhadores envolvidos com o atendimento para o conforto, a segurança e o lazer nas estradas, nos aeroportos, nas praias, hotéis, parques de diversões ou ecológicos, circos, bares, cinemas, teatros e boates. Entretanto, esses trabalhadores não podem estar em todos os locais ao mesmo tempo, daí a necessidade de cada um, principalmente os pais ou responsáveis por crianças e idosos, adotarem as regras de segurança e saúde também nas férias e nos ambientes de lazer.

DICAS

Duas dicas podem contribuir para o aproveitamento completo desses momentos. A primeira dica está relacionada com a convivência, e nessas ocasiões de muita interação entre pessoas, até desconhecidas, convenhamos, se torna mais um apelo adotarmos a compreensão, o respeito, a tolerância e a gentileza, até mesmo para gerar mais gentilezas. A segunda dica é mais enfática e nos orienta para os importantes cuidados que devemos adotar, desde a anotação prévia dos números de emergência da Polícia Militar (190), Polícia Rodoviária Federal (191), SAMU (192) e Bombeiros (193), para auxiliar, inclusive, outras pessoas em casos de acidentes e, até mesmo, os cuidados ao viajar e deixar a residência sem vigilância. Nos aviões, as regras de segurança são exigidas sem exceção e as orientações são dadas a cada decolagem e pouso. Portanto devemos ficar atentos a todos os sinais a bordo, mantendo sempre o cinto afivelado. Aos que vão utilizar embarcações para curtir passeios em rios, lagos e no mar os cuidados devem ser reforçados, principalmente para aqueles que ainda não sabem nadar, daí a regra máxima de uso de coletes salva-vidas. Para os que vão enfrentar as estradas, é muito importante fazer a revisão do veículo, estabelecer paradas para descanso e evitar viajar à noite. Aos que rumarem para as praias, rios e lagos, é imprescindível o uso de cremes protetores para a pele, hidratar regularmente o corpo e evitar a exposição excessiva ao sol. Os que gostam de ir aos cinemas, teatros, circos e boates devem procurar saber, primeiramente, ao entrar nesses locais, onde estão localizadas as saídas de emergência (lembram-se da Boate Kiss?) e, seguir as orientações aplicáveis a esses locais. Os que irão para os parques temáticos ou ecológicos não podem esquecer-se de colocar na mochila um bom produto repelente de mosquitos, baterias de reserva para os celulares, lanterna, e obviamente, um bom aparelho GPS ou mapa do local a ser visitado. No geral, deve-se obedecer aos avisos de segurança e as sinalizações, tanto aquelas colocadas no sentido horizontal (placas) quanto àquelas existentes no sentido vertical (frases, palavras e faixas), além das orientações sonoras. Mesmo nos momentos de férias e de lazer precisamos seguir o que nos é ensinado para cultura da prevenção de acidentes e doenças.

                Neste final de ano, desejo que o Papai Noel passe voando sobre todos os lares distribuindo muita harmonia, presentes e bênçãos, mas quero também que o bom velhinho esteja usando o cinto de segurança no trenó.

COMPARTILHE Facebook

POSTS RECENTES