Telefone
51 3343.0811 - 51 3372.6638
WhatsApp
51 98015.6602
SOLICITE ORÇAMENTO
SOLICITE ORÇAMENTO
14/07/2017

Situações em que deve-se fazer a manutenção de extintores de incêndio

Situações em que deve-se fazer a manutenção de extintores de incêndio

Você sabe em quais situações deve-se fazer a manutenção de extintores de incêndio?

Nosso especialista Rodrigo Morales, vai explicar para você!

 Níveis de Situações

Nível 1  

- Lacre(s) violado(s) ou vencido(s);

- Quadro de instruções ilegível ou inexistente.

Nível 2

- Inexistência de algum componente;

- Validade da carga de espuma química e carga líquida.

Nível 3

- Mangueira de descarga apresentando danos, deformação ou ressecamento.

Nível 4

- Extintor parcial ou totalmente descarregado

- Mangotinho, mangueira de descarga ou bocal de descarga, quando houver, apresentando entupimento que não seja possível reparar na inspeção;

- Defeito nos sistemas de rodagem, transporte ou acionamento.

Nível 5

- Corrosão no recipiente e/ou em partes que possam ser submetidas à pressão momentânea ou estejam submetidas à pressão permanente e/ou em partes externas contendo mecanismo ou sistema de acionamento mecânico;

- Data do último ensaio hidrostático igual ou superior a cinco anos;

- Inexistência ou ilegibilidade das gravações originais de fabricação ou do último ensaio hidrostático.

Manutenção de Extintores

Serviço efetuado no extintor de incêndio, com a finalidade de manter suas condições originais de operação, após sua utilização ou quando requerido por uma inspeção.

Manutenção de primeiro nível

Manutenção geralmente efetuada no ato da inspeção por pessoal habilitado, que pode ser executada no local onde o extintor está instalado, não havendo necessidade de removê-lo para oficina especializada.

Manutenção de segundo nível

Manutenção que requer execução de serviços com equipamento e local apropriados e por pessoal habilitado.

Ensaio hidrostático

Aquele executado em alguns componentes do extintor de incêndio sujeitos à pressão permanente ou momentânea, utilizando-se normalmente a água como fluido, que tem como principal objetivo avaliar a resistência do componente a pressões superiores à pressão normal de carregamento ou de funcionamento do extintor, definidas em suas respectivas normas de fabricação.

Não esqueça de verificar o vencimento da carga de seu extintor e em caso de necessidade de recarga procure nossos serviços pelo telefone (51) 33430811.

Revise regularmente a válvula de seu extintor com o manômetro, a pressão deve estar no campo verde do Indicador de pressão, caso contrário busque a garantia do serviço executado ou a recarga do mesmo.

A validade do cilindro é de 5 anos após sua fabricação, posterior a essa data é necessário ser feito o teste hidrostático, utilize os serviços do Grupo Brava.

 

COMPARTILHE Facebook

POSTS RECENTES